Sínodo: papéis da mulher e do jovem na Igreja são discutidos


Danielle A. Santos

Central de Comunicação Renascidos em Pentecostes

O Sínodo dos Bispos para os jovens, realizado em Roma, trouxe à tona importantes discussões na XV Assembleia Geral Ordinária, que aconteceu na última quarta-feira (24), na Sala de Imprensa da Santa Sé.

Confira alguns dos principais pontos ressaltados:

Potencial das mulheres

“Seremos tolos se renunciarmos ao potencial das mulheres que devem estar envolvidas hoje, não amanhã, nos processos de decisão que dizem respeito à Igreja", afirmou o presidente da Conferência Episcopal da Alemanha, cardeal Reinhard Marx e arcebispo de Munique e Frisinga.

Os presentes ainda citaram a Alemanha como exemplo nesta questão, onde várias mulheres estão envolvidas na organização da pastoral.

Ainda reforçaram: “Sem mudança não se progride”. É fundamental “entender a evolução dos tempos, como fez João XXIII”.

Sexualidade

A questão LGBT foi um dos pontos cruciais citados entres as perguntas feitas na audiência, sobre a qual falaram o cardeal Reinhard Marx e dom Andrew Nkea Fuanya, Bispo de Mamfe, nos Camarões. “A temática da sexualidade não deve ser instrumentalizada: há lobbies que tentam influenciar, mas a Igreja deve encontrar um caminho compreensível e usar palavras não enganosas”, ressaltou cardeal Reinhard Marx .

Jovens na Igreja

Dom Andrew esclareceu que o "Sínodo não está tentando resolver 'problemas locais', porque cada um tem seu próprio ponto de vista e suas dificuldades, mas tudo está sendo enfrentado de maneira coral, como 'Igreja unida'. Não temos o problema das igrejas vazias. Os nossos jovens sempre vão à missa [...], mas quando saem eles não têm trabalho, não se importam se estão doentes e acabam procurando lugares onde serem mais felizes. As igrejas estão cheias porque nossos valores tradicionais ainda correspondem aos valores da Igreja, nós passamos as tradições sem diluí-las. A Igreja deve falar sem ambiguidade”.

Evangelização dos jovens

Já Dom Grzegorz Ryś, arcebispo de Łódź e presidente do Conselho da Conferência Episcopal para a nova evangelização ressaltou que, embora na Polônia os jovens frequentem a Igreja, eles “nem sempre conhecem realmente Jesus”. Ele ainda afirmou que a juventude, mesmo acreditando nos valores da Igreja, ainda precisa fazer uma “verdadeira experiência de fé”.

“Para evangelizar verdadeiramente os jovens não se deve julgar, mas realmente entender quais são os valores em que eles acreditam, para conduzi-los ao encontro com Jesus. E, para fazer isso, a Igreja deve ser capaz de mudar. As declarações devem ser traduzidas em ações verdadeiras, porque os jovens esperam uma Igreja autêntica”, disse o cardeal Reinhard Marx.

Jovens, mensageiros da Boa Nova

Dom Toufic Bou Hadir, responsável pela Fundação YOUCAT Árabe (Igreja Maronita) e coordenador do Escritório Patriarcal para a Pastoral Juvenil no Líbano disse: “Devemos defender o paradoxo de uma Igreja sempre jovem. Estar nas periferias significa seguir Jesus sempre e em toda parte. Os jovens são mensageiros da Boa Nova e pioneiros do diálogo inter-religioso”.

Ainda, anunciou um encontro ecumênico internacional de jovens no Líbano, que acontecerá de 22 a 26 de março de 2019.

Docat

O Papa Francisco entregou aos jovens auditores participantes do Sínodo exemplares do "Docat", uma obra que apresenta a Doutrina Social da Igreja em uma linguagem jovem e dinâmica, lançado em 23 de novembro de 2016.

Segundo o Pontífice, o Docat “é um manual de instruções que nos ajuda, com o Evangelho, em primeiro lugar, a transformarmo-nos a nós mesmos, depois a transformarmos o nosso ambiente mais próximo e, por fim, o mundo inteiro”.

“Eu espero que um milhão de jovens, mais ainda, que uma geração inteira seja, para os seus contemporâneos, uma Doutrina Social em movimento”, ressaltou o Papa.

Fontes: vaticannews.va / cancaonova.com

#SínododosBispos2018 #PapaFrancisco

39 visualizações
Siga no Twitter
Assista no Youtube
Curta no Facebook

Por RK Estrategia Digital © renascidosempentecostes.com.br 2009-2020 Renascidos em Pentecostes - Todos os direitos reservados 

FUNDAÇÃO SÃO PEDRO CNPJ: 10.905.580/0001-10 - QSD 25 ÁREA ESPECIAL - TAGUATINGA SUL- DF

Produtos comprado no portal são entregues em até 8 dias úteis