top of page

Santa Francisca Romana


Nascida no ano de 1384, em Roma, Francisca Romana, desde a infância, manifestava o desejo pela consagração total. Obrigada pelo Pai, Paulo Busa di Leoni, um nobre da época, foi obrigada a se casar com um jovem aristocrata, de nome Lourenço de Ponziani, com quem teve três filhos.

Neste momento, Roma estava dividida e em guerra entre os Orsíni, que lutavam em favor do Papa, e os Colonnas, que apoiavam Ladislau de Nápoles. O esposo de Francisca feriu-se gravemente, perdendo a batalha, enquanto Ladislau entrou vitorioso em Roma, levando, como reféns, os filhos das famílias mais abastadas, inclusive o filho da santa, João Baptista.

Apesar de todas as lutas e sofrimentos, Francisca Romana não perdia sua fé em Jesus Cristo e o dom de tocar, pelo seu testemunho de generosidade e bondade extremas, a vida das pessoas que a ela se juntaram e, por ela, eram evangelizadas. Dessa forma, nasceu a confraria das Oblatas Beneditinas.

Ficou viúva em 1436, retirando-se para a casa das suas Oblatas, que a nomearam Superiora Geral.

Sua trajetória foi toda marcada por uma intensa vivência no mundo espiritual, já que possuía do dom de adentrar os seus segredos. Os relatos contam que ela via seu anjo da guarda e ainda, chegou a ver o purgatório e o inferno, com fogo e suplícios horríveis.

Ela faleceu no ano de 1440 e canonizada em 1608, pelos seus merecimentos e luta incansável pela santidade.

Contudo, peçamos, na intercessão de Santa Francisca Romana, mesmo diante de nossas lutas e dores, a graça de não desistir ou desanimar de evangelizar aqueles que ainda não conhecem a verdade de Cristo.

Santa Francisca Romana, rogai por nós!

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page