Siga no Twitter
Assista no Youtube
Recomende no Google+
Curta no Facebook

Por RK Estrategia Digital © renascidosempentecostes.com.br 2009-2019 Renascidos em Pentecostes - Todos os direitos reservados 

FUNDAÇÃO SÃO PEDRO CNPJ: 10.905.580/0001-10 - QSD 25 ÁREA ESPECIAL - TAGUATINGA SUL- DF

Produtos comprado no portal são entregues em até 8 dias úteis

CRISTO, REI DO UNIVERSO!

 


No dia 24 de novembro, domingo dia do Senhor, celebra-se a realeza sobrenatural de Cristo. Por que sobrenatural?


A Palavra de Deus conta que Jesus nasceu e cresceu na simplicidade e não em um palácio. Por um amor imensurável do Pai Celestial, caminhou em humanidade sobre a terra e deu a vida por todos. Jesus é o Cristo que, por graça amou a criatura humana de tal forma maravilhosa que se submeteu à vontade do Pai. Assim, com a autoridade Celestial impera sobre toda criatura. No entanto, não se valeu do seu poder para julgar, discriminar e excluir. Contudo, foi condenado à morte de cruz e nela exibia-se uma placa a mando de Pôncio Pilatos com a inscrição "Jesus, o rei dos judeus".
De tantos encontros bíblicos, a graça interveio e fez Jesus,mesmo cheio de dores e arrebentado na cruz, ouvir o ladrão ao seu lado. O ladrão, após repreender o outro malfeitor pela falta de temor a Deus disse: "Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu Reino"( Lucas 23, 42).
Aquele ladrão que não tinha mais nada, já estava no fim da vida, demonstrou uma prova de fé no reino de Deus na hora de sua morte. De alguma forma foi impactado pela presença de Deus ao seu lado.
Jesus sempre se colocou ao lado do sofredor e entendeu que aquele homem tinha uma última esperança e lhe garantiu: "Hoje você estará comigo no paraíso" (Lucas 23, 43).
Jesus ratificou aquele que está Nele, não perecerá, mas terá vida eterna.
​Em 1925, Papa Pio XI, na primeira encíclica de seu pontificado, preocupado com as situações graves do mundo de sua época e a rejeição dos ensinamentos da Igreja por parte dos homens, reconheceu a Soberania do Reinaldo de Jesus Cristo. Fora de estereótipos políticos, conclama-se Jesus soberano no céu, na terra e acima de todo mandado humano, pois o Reino de Jesus não é deste mundo(João 18:36).
​Recordam-se também os mártires da história católica que defenderam o Reinado de Deus e o papel dos servos leigos como submissos às ordens de Cristo como regente na vida do dia a dia. Apontará neste dia, reflexões sobre atitudes vivenciadas no Trabalho, nas lutas diárias, carismas, ministérios e caminho pastoral. Esse dia é muito importante para que o Cristão leigo reflita sobre a dimensão do reino de Deus em seu coração e em relação ao seu testemunho pessoal dentro da família e em sociedade, como católico fermentado pela Palavra e em comunhão com Cristo e sua Igreja. Jesus é o centro. Jesus é o tudo, como disse São Francisco de Assis.
​A solene celebração litúrgica do dia de Cristo Rei do universo faz parte do rito de encerramento do ano Litúrgico e antecede o período do Advento o qual favorece a espera das boas novas de Deus.
​Assim, deve-se dar ações de graça à manifestação de Deus e todos os seus milagres e prodígios. Ir à casa do Senhor, se fazer de oferta, paramentar o Altar com vestes de celebração festiva com muito júbilo ao Rei dos reis e Senhor dos Senhores, digno de grande louvor e exaltação de seu nome.

Flávia Nascimento - 3° Elo de Aliança da comunidade Renascidos em Pentecostes. 

Facebook
Twitter
Curta este post
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Flickr - Grey Circle