“Sejamos escravos da palavra do Senhor, dos mandamentos e daquilo que o Senhor nos ensina”.


MISSA DE LIBERTAÇÃO Data: 23/10/2019 Celebrante: Pe. Moacir Anastácio Tema: “Sejamos escravos da palavra do Senhor, dos mandamentos e daquilo que o Senhor nos ensina”.

HOMILIA ​Na Missa de Libertação celebrada nessa quarta-feira, dia 23 de outubro, o padre Moacir Anastácio iniciou a homilia falando sobre o pecado e suas consequências em nossas vidas. ​Com base nas leituras previstas para essa noite de graça, o sacerdote exortou aos presentes acerca do cuidado que devemos ter com as situações que nos fazem pecar. O padre disse: “precisamos ter cuidado para não banalizarmos tudo. O mundo nos diz que não há problema em olhar para uma mulher ou para um homem sem roupa ou trair seu/a companheiro/a. Mas o Senhor nos diz que tudo isso é pecado, assim como ter inveja dos outros, roubar e outras coisas. Amados, devemos seguir o exemplo de São Francisco que preferiu o fogo ao pecado. ​A tentação não é maior que o poder de Deus. Nós precisamos crer nisso e não no contrário. Nós, muitas vezes, olhamos para a tentação e deixamos que ela nos domine. Não irmãos, não é isso que o Senhor quer para nós. Entenda que todas as vezes que nós pecamos, nós caímos nas ciladas do inimigo. E nosso pecado entristece a Deus e a Nossa Senhora, mas alegra o inferno! ​“De fato, o pecado não dominarás” é isso que o Senhor nos diz. Nós não estamos e não somos escravos do pecado. Nós não precisamos ser escravos de nada e nem de ninguém. O escravo não tem forças, não consegue dizer não. Exemplo disso é o vício do cigarro. Como é difícil largar o vício! [...] Seja escravo da obediência, da justiça e da liberdade em Jesus Cristo! ​Sejamos escravos da palavra do Senhor, dos mandamentos e daquilo que o Senhor nos ensina. Temos que cuidar de nós e das nossas escravidões. É necessário ser liberto de tudo aquilo que nos prende, de tudo que a sociedade nos diz que é certo. Para isso, precisamos pedir ao Senhor o dom da conversão. ​Amados, o Senhor nos chama à santidade. Não adianta ficar dentro da igreja, ser consagrado ou padre e não ser santo. Não dá para ser santo ou querer ser santo no céu. É aqui que nós precisamos buscar essa santidade, pois quando chegarmos ao céu nos será perguntado: Você é santo? E que o nós vamos responder? ​[...] Temos que mudar. Precisamos mudar a nossa forma de vestir, de se sentar, de falar [...]. É necessário mudar e, essa mudança vai aos poucos nos conduzindo à santidade! Nós precisamos viver da forma como Deus quer e não da forma como o mundo quer. Não é porque o todo mundo faz, que nós cristãos precisamos fazer! Nós não podemos chegar no céu com o nosso pecado, precisamos ser santos como no nosso Pai do céu é Santo. Amém!” A homilia foi encerrada com um momento profundo de oração de cura e libertação. Por: Marli Vieira (com adaptações) 


0 visualização
Siga no Twitter
Assista no Youtube
Curta no Facebook

Por RK Estrategia Digital © renascidosempentecostes.com.br 2009-2020 Renascidos em Pentecostes - Todos os direitos reservados 

FUNDAÇÃO SÃO PEDRO CNPJ: 10.905.580/0001-10 - QSD 25 ÁREA ESPECIAL - TAGUATINGA SUL- DF

Produtos comprado no portal são entregues em até 8 dias úteis