São Liberato de Loro: extremas penitência e contemplação


Hoje, lembramos e celebramos, com toda a Igreja, a santidade de São Liberato de Loro, nascido no século III, na Itália.

Embora pertencesse a uma família nobre e cheia de posses, abriu mão de suas riquezas para se render ao poderio de Deus e ao Seu chamado, em sua vida.

Ordenou-se sacerdote e ingressou a Ordem dos frades menores de São Francisco, onde viveu, com radicalidade, suas virtudes e dons, principalmente, voltado para as orações contemplativas e para a penitência.

O livro "Florzinhas de São Francisco" chega a relatar que durante as orações chegava a se elevar do chão.

Foi fiel a Jesus e a Maria até na doença, através da qual viveu intenso sofrimento.

Seus históricos contam que, na agonia da morte, ele pôde vivenciar uma forte experiência com a Virgem Maria, que a ele apareceu, dando-lhe grande consolo.

Seu culto, porém, foi liberado, somente, no século XIX, após um conturbado processo de canonização, que foi reconhecido pelo Papa Pio IX.

E, assim, peçamos a intercessão de São Liberato de Loro, para que, agarrados a Jesus e Maria, possamos estar sensíveis ao cumprimento da vontade de Deus em nossas vidas, gerando frutos de santidade, através de nosso testemunho.

São Liberato de Loro, rogai por nós!


3 visualizações
Siga no Twitter
Assista no Youtube
Curta no Facebook

Por RK Estrategia Digital © renascidosempentecostes.com.br 2009-2020 Renascidos em Pentecostes - Todos os direitos reservados 

FUNDAÇÃO SÃO PEDRO CNPJ: 10.905.580/0001-10 - QSD 25 ÁREA ESPECIAL - TAGUATINGA SUL- DF

Produtos comprado no portal são entregues em até 8 dias úteis